quinta-feira, 25 de junho de 2015

AMOR VIRTUAL

O teu rosto, tua voz, meus segredos.
E os colocarei na pasta dos sonhos.
Dentre realidades, mistos medos.
A vida passar, em vácuos tristonhos.

Amo-te eu sei, jeito novo inusitado.
Contando momentos, lendo tua imagem.
É um sentimento, muito bem soletrado.
.Em um sonho oculto, uma miragem...

Quando me sorris, com teus dedos ágeis.
Acenando um céu, todo feito de lua.
Hora, em que somos, fortes e frágeis.
Somos uma imagem, da lua, da rua.

E correndo olhamos pela janela.
Que embora fria pareça, porém.
Um calor imenso, mora na tela.

Corta a distância, se achega e vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário