quarta-feira, 17 de junho de 2015

FIRMAMENTO

Estrelas jamais, em imensidão apagam.
Como sonho desenhado, em pergaminho.
Emoções intensas, simplesmente vagam.
Seduzindo comumente, o lindo caminho.

Quando, palavras escorrem pelos dedos.
Sonhos, são soletrados, vagarosamente.
Estrela assentada, redigindo um segredo.
Pousando no sonho, esse brilho assente.

Lindos olhos brilham, cheios de paixão.
Quando deságuam, encantados termos.
Fintando mar dormindo, numa ebulição.
Ondulações cálidas, borbulhando á ermo.

Semelhando, altivez encíclica, do amor.
Enobrece mediante despertada paixão.
Responde á friagem, em vitalício calor.
Temperado sempre, de muita emoção.


Nenhum comentário: