quinta-feira, 18 de junho de 2015

REPETIDAS AÇÕES

Repetidas ações, enquanto amanhece.
Sempre instigando ,um novo sonhar.
A lua na noite, tão linda oferece.
Um brilho para quem ,na vida apostar.

Apostando repetidamente, entretanto.
Sem tempo, por isso, nem lembrarão.
A vida uma viagem e tanto...
Fileira de dias, que jamais voltarão.

Ficando oportunidades, junto também.
Amanhã, apenas uma história contada.
E sonhando de novo, logo se tem.
Mais uma esperança nova plantada.

Ações repetidas insinuam, sermos.
Mesmos mutantes, com tantas opções.
Desenhamos atitudes, catamos termos.
E assim prosseguimos, em procissões.



Nenhum comentário: