domingo, 21 de junho de 2015

AS SEMELHANÇAS

Semelhantes,os nossos caminhos.
Porém,mudam com os recomendes.
Rumando diferentes,como redemoinhos.
A vida tentando os tais emendes.

A semelhança impera em necessidade.
Todos contêm a mesma constituição.
Tanto labutamos,pela saciedade...
Porém,incapazes de compreensão.

Achamos um jeito mais conveniente.
Delegamos estarmos um passo além.
Uma prova concreta e bem diferente.
Semelhanças ainda,vencem este porém.

Cores e raças,longínquas  parecenças.
Aos olhares descrentes e desertados.
Quando tentamos compor diferenças.
Em semelhanças, subentendidos recados.


Nenhum comentário: