quinta-feira, 25 de junho de 2015

SONHO SUSPENSO

Ancestral endereço levando á uma cidade.
Acordando o passado, a comoção dizendo.
Enquanto coração suportou, tanta saudade.
Sopraram as nuvens, novamente refazendo.

Executando ainda, aquelas doces melodias.
Estorvando uma tristeza, banida doravante.
Cultivando um amor, em floridas alegrias.
Erradicando sofrimento,o bendito instante!

Angariando a permissividade, contra mão.
Um retornado tempo, ainda tão propenso.
Mantendo aquelas alegrias, dentre coração.
Baixando um sonho, tão livre, e suspenso.

Retomadas lembranças, dentre a memória.
Olhando tua imagem, num motivo qualquer.
Permaneço eu, e lendo uma mesma história.
Apaixonada inteiramente,tua presença requer.

Nenhum comentário: