quinta-feira, 25 de junho de 2015

VERSO

Amor pensando eu, sem pensar.
Um alguém campeando corações.
Mesmo porque, tenta encontrar.
Um meio para banir, tais ilusões.

Amor, coisa rara, crédulo também..
Assim lapidado, provocando emoção.
Amando, enquanto olhos não veem.
Porém, crescendo dentro, do coração.

Amor uma temática, um tanto gasta.
Alegam as pessoas, contraindo má fé.
Quando, amo sozinha, contudo basta.
Coração completamente, envolvido até.

Quando contudo, olhando as estrelas.
Fazendo da imensidão, meu cinema.
A cada anseio,intencionando vê-las.
Fluindo um verso, de um lindo poema



Nenhum comentário: