quarta-feira, 1 de julho de 2015

LONGE

Tão linda voz,eu jamais esqueci.
Aquelas tardes, fazendo sonhar.
Amor assim, depois, jamais vivi.
Tão verdadeiro, sem concretizar.

Momentos únicos, nossos verões.
Em tua voz ,um arrepio, a emoção.
Arrebatando, milhares de corações.
Fazendo segredo, em letra e canção.

Partindo, para longe,e esquecendo.
Sofrendo menos, meu terno amor!
Quando hoje, voltando e te vendo.
Ainda o sentindo, tão encantador.

Enquanto temporada nos demos.
Procurando esquecer o impossível.
Porém, ainda certamente cremos...
O amor existindo, firme imbatível.



Nenhum comentário: