sexta-feira, 18 de setembro de 2015

SORRISO MORENO

 Sorriso moreno, de olhar pausado.
Como os lírios, nascentes em grotões.
Também segredo, no sangue lacrado.
Quando regidas, as mesmas canções.

Conhecida a esperança morena.
Dentro do tempo, como adrenalina.
Que ainda mantém, a tez serena.
Pulcro sorriso, que tanto fascina.

O gosto conhecido, a tez de romã.
Uma benevolência, que bem me faz.
A saudade ás vezes, saudosa manhã.
Sempre paira serena, a mesma paz.

Paz morena,luz guerreira e forte.
Constante e pura luta, sem medo...
Tendo na fé, o grande suporte.
Faz da esperança, o grande segredo.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário