quinta-feira, 19 de novembro de 2015

A MAIS PURA


Eterno e refinado encanto...
Advindo,e pacífico arrulha.
Cala fundo,demarca recanto.
Onde a paz,se desembrulha.

Repito meus pensamentos.
E por milhares, de anos reluzem.
Redesenho,os bons momentos.
Quando estes,vida me induzem.

Acredito, que sou apenas...
Alguém, que busca se encontrar.
E nessas margens serenas.
Quase consigo, me tocar.

Antes a vida fosse eterna.
Imaginava eu,de antemão.
Porém,no finito,sempre emberna.
A mais pura revelação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário