terça-feira, 17 de novembro de 2015

FIANÇA


Toda vez, quando se acredita.
E em boa fiança,estende entrega.
Transgride, uma norma escrita.
Alguém afirma,enquanto nega.

E,me pergunto com freqüência.
Porque tem, que ser assim?
Bastariam palavras, reticência.
Subentendendo ética,moral,enfim...

Mas,as pessoas,infelizmente.
Benevolência,sempre descartam.
Plantam sinceridade, aparente.
Enquanto,do oposto, se fartam.

Eu quero reprisar nova vida.
E de novo tentar entender...
Porque tanta mentira vendida.
Fazendo gentes padecer...

Nenhum comentário:

Postar um comentário