segunda-feira, 30 de novembro de 2015

TEMPO CONSUMADO


Bastando crença, havendo vida.
Pulsando leve, uma esperança.
Uma luz divina, uma paz contida.
Copiosamente, eterna confiança.

Descendo, sobre o dia expresso.
Silencioso e também gritante.
Interligado, um amor confesso.
Alternância, em divino instante.

Quando tristes, simplesmente.
Procedente alegria,vindo tocar.
Doce e  amargo, vida consente.
Sabido assim, contrabalancear.

Louvada fé, nos contaminando.
Triunfante ,vencendo o oposto.
Sabedoria, tempo consumado.
Assim a vida, expressivo gosto.


Nenhum comentário: