sábado, 21 de maio de 2016

MARCAS REGISTRADAS

Deixo tempo, escrever minha história.
Em todos os meus compartimentos...
Pois viver, implica  fracasso e glória.
Mas felicidade, tem seus momentos.

Marcas registradas, no corpo, na pele.
Nuance em neve,sobrancelhas,cabelos.
Catando tempo, permitindo um nivele.
Minhas solidões, multidões em apelos.

Apascento, minhas ovelhas perdidas.
Trazendo de novo, aos mesmos goles.
Errando, acertando, bases fendidas.
Deixando alegria, os tapes, os coles.

Vivendo até quando, a luz apagar.
Porém brilhante, e saltando enfim.
Talvez uma poesia,venha me buscar.
E então,rememore,o motivo, do fim.


Nenhum comentário: