sexta-feira, 17 de junho de 2016

PURAMENTE

Assim,eu te amo, de todo coração.
Sem jamais cobrar, uma retribuição.
Uma suave luz, caindo puramente.
Amor, suave flor, sem precedente.

Portanto, amar comporta um feito.
Uma estadia sincera, sonho eleito.
Jamais impele, pretensão de ferir...
Mas ferindo alcança, anistia pedir.

O amor indulta, abranda a crise...
Exorado perdão, admitido  deslize.
Ama, por  amar,e simplesmente.
Carrega no corpo, alma prudente.

Em medida desmedida, asseguro.
Amar eternamente,presente,futuro.
Quanto ao passado, apenas vivi.
Para compreender, o amor, em si.

Nenhum comentário: