sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

MOVIMENTO

Sempre há um por do sol.
Escapando entre os dedos.
Como avivado lençol...
Cobre a vida e os segredos.

Entardece um sermão.
Ditando normas e chavões.
Acordando uma multidão.
Esperando compreensões.

Quando um dia passa.
Emendando assim a vida.
Por do sol revida a graça.
Vai sanar nova ferida...

Como a vida movimenta.
Quando tudo desenvolve...
Apagando a cor cinzenta.
O sofrer também dissolve.

Esperança uma linda cor.
Como dia que amanhece.
Movimento contra dor.
Quando ouvida uma prece.



Nenhum comentário: