quinta-feira, 16 de março de 2017

CONQUISTAS

A tristeza e alegria tendem a ser singulares.
Para quem as sente, mesmo porque passam.
Quando simultaneamente, vem e abraçam.
Em ambas as situações, aptidões peculiares.

Portanto, imperiosas, em acessórios vitais.
Que carregam o deleite, e o conhecimento.
Uma desconhece a vida, outra, crescimento.
Contudo crédulas em harmonias frontais.

Vicissitudes doutrinam, jamais fraquejar.
Retrogradando desta arranjada, mais forte.
Uma receita bem distinguida, um suporte.
Fundem direitos, os contrastes juntar...

Quando proclamados eternos antagonistas.
E no pódio dos dias, não auferem medalhas.
Mas, transformam, em abastança, migalhas.
Vencimentos minguados, árduas conquistas.


Nenhum comentário: