domingo, 4 de junho de 2017

E DAÍ ?

Tu trazes estrelas nas mãos.
Quando voltas, e tão depois.
Quando cansada, de teus vãos.
Vazando sempre,assim,nós dois.

Mas,tu sabes tudo de mim.
Como ninguém ousou saber.
Então, pões começo, depois fim.
Dividindo o meu viver...

Dizem que a felicidade.
Tem  estrelas, como ponto.
Quando te vejo, a vaidade.
Se desarma, e me desmonto.

Então, para que serve?
Tantas normas por aí...
Estrela brilha e a alma verve.
Eu te amo e dai?

Nenhum comentário: