quarta-feira, 25 de julho de 2018

TUDO MAIS

Uma condição atinada, um revide bom.
Enquanto mera distração, a vida  deu.
Em paisagens, em diversidade de tom.
Quando certamente, coração o elegeu.

Importante agora,após imensa aflição.
Dividir solidão, com alguém em mente.
Extensão disso tudo, só compreensão.
Cumprido  legado, sempre vai á frente.

Morando dentro de  um coração claro.
Voador como pássaro, sempre volta.
Tanto  preenche, detalhes, nem reparo.
Amor verdadeiro, ao coração,  se solta.

Em travessia, uma ponte da provação.
Sentindo o mundo todo, ficando calado.
Soltura das rédeas, galopando coração.
Sempre conduzindo  ao tanto esperado.

A comprimir os anseios, dilatar afronta.
Reparando de imediato, tão  minuciosa.
Saída e chegada,e novo prumo  aponta.
Uma renovação,dorida, mas glamorosa.

Divagando no tempo,os meus recados.
Absolutos, aos  impolutos  contextuais.
Ás vezes sinto, meus pés descalçados.
A vida reprisada, felizmente,  tudo mais.

Nenhum comentário: