terça-feira, 22 de maio de 2018

NOSSO AMOR


Não fosse esse, amor arrebatador.
Que nos estende, encanto na vida.
Não fosse essa paixão, destemida.
Daríamos passagem, até para dor.

Porém, o amor, levanta muralhas.
Vestindo nossa alma, de felicidade.
Apagando sempre, a toda maldade.
Transformando em flores, migalhas.

Nosso amor, presente verdadeiro.
Sentimento preso,á total liberdade.
Como prevalecente nossa vontade.
Sombreados, pelo imenso conflito.

Assim,protegidos,bem guardados.
Seguindo, nossa maneira de viver.
Quando unicamente podemos ser.
Pelo nosso amor, tão abençoados