sábado, 20 de junho de 2015

AUTO DEFINIÇÃO

Ventanias espalham, pouco de mim.
Fácil entender, porque disso,enfim.
Luz procurando, um vão para fluir.
Palavras reprimidas, para escapulir.

Triste isolamento, nuvem e monção.
Dia acabrunhado, tarde de verão.
Uma promessa, ás vezes,o inverso.
Apaixonada, ás rimas e versos.

Cada promessa, um juramento.
 lembrança, triscado atrevimento.
Parecida, mudada, facilmente...
Imperada alma, teimosamente.

Distraído jeito, entendido de viver.
Tragado ao peito,a definição de ser.
Jamais traída, amofinação além.
Imensa solidão, aglomerado também.




Nenhum comentário:

Postar um comentário