domingo, 10 de junho de 2018

ORDENAÇÃO

Quanta franqueza o meu coração ostenta.
Mostrando para minha razão, quanto mais.
Sinceridade desavisada, jamais fragmenta.
Certamente, decididamente por onde vais.

Sendo, o distanciamento uma ordenação.
Enquanto, pode ser a saudade a certeza.
Em nossa partida alteramos um coração.
Assim doados, presentemente franqueza.

O tempo sendo efêmero, nós passaremos.
Ajudando simultaneamente compor a vida.
Amor coloca entendimento, entenderemos.
Em nossos caminhos, a chegada, a partida.

Enquanto eu vivo pensando em nós dois.
Dedicando meu tempo, também a emoção.
Presentemente respeitável, portanto depois.
Apenas levaremos um amor, em comunhão.

Nenhum comentário: